TOPO
Publicado na categoriaArtigos

Dicas para melhorar a usabilidade e a visibilidade do ponteiro do mouse

O mouse e o teclado ainda são os principais periféricos de entrada de dados no computador. Apesar do avanço das telas de toque, o uso do mouse e o do teclado, ainda se mostra bastante produtivo e prático.

O mouse (ou o rato) foi inventado na década de 70 pela Xerox e mesmo sendo um quarentão, ainda tá muito bem na fita e na minha opinião vai demorar muito para ele se aposentar.

Quando movimentamos nosso querido amigo camundongo sob uma superfície, o que vemos na tela é um ponteiro ou apontador. Basicamente o uso do mouse é apontar e clicar.

O “pobrema” para quem tem baixa visão, como eu, é localizar na tela o bendito do ponteiro quando precisamos fechar uma janela ou clicar em um botão no meio de outros tantos.

Nesse artigo vou mostrar como configurar o ponteiro do mouse para melhorar a usabilidade e aumentar a sua visibilidade na tela.

A ideia aqui não é ser um tutorial, pretendo apenas mostrar onde configurar e para que serve tais configurações. Se não souber fazer, deixe registrado um comentário pedindo um tutorial que farei com o maior prazer.

Onde configurar o ponteiro do mouse?

As configurações do ponteiro do mouse se encontram em uma única janela. Dependendo da versão do Windows que estiver usando, o caminho para abrí-la pode variar um pouco e um ou outro recurso pode ter nomes diferentes.

Para abrir as configurações do ponteiro do mouse: abra o Menu Iniciar e digite “ponteiro”, como resultado você terá “Alterar a aparência do ponteiro do mouse”. Isso vale tanto para o Windows 7, 8, 8.1 e 10.

Janela Propiedades de Mouse

Com a janela aberta, já podemos fazer algumas alterações!

Branco no branco? Nada a ver, irmão!

Dois ponteiros do mouse lado a lado; o da esquerda é branco sob um fundo preto; o da direita é preto sob um fundo branco

Na aba Ponteiros, em Esquema escolha a opção “Windows Invertido (extra grande)”. Esse esquema ou tema aumenta o tamanho do ponteiro, deixando-o bem maior que o normal e de quebra aplica o efeito de inversão.

Basicamente o ponteiro fica branco quando está posicionado sob um elemento de cor preta e vice-versa ou laranja sob um elemento de cor azul. Enfim, ele aplica a cor inversa ao elemento facilitando muito sua vida.

Ainda na aba Ponteiros, desmarque a opção ativar sombra do ponteiro, uma frescurinha visual desnecessária na minha opinião.

Se tiver usando o Windows 7, desmarque a opção Permitir que temas alterem o ponteiro do mouse. Dessa forma você não perde suas configurações se alguém ou você mesmo resolver mudar o tema do Windows.

Amor, vai mais devagar!

Ponteiro do mouse na cor preta; do lado direito dele, alguns riscos, representando o vento para dar ideia de velocidade

Na aba Opções do ponteiro, em Movimento, diminua um pouco a velocidade do mouse. Dessa forma você vai localizá-lo mais rapidamente na tela enquanto movimenta o mouse.

O mouse mais lento também pode ser muito interessante para usuários com algum tipo de deficiência motora assossiada à deficiência visual.

Deixar o mouse mais lento é apenas uma sugestão, ok? Se não gostar teste outras velocidades ou deixe como está. No caso o valor padrão é 50% (metade do controle deslizante).

Taxista, siga aquele botão!

ponteiro do mouse em cima de um botão retangular com cantos arredondados

Em Apontar o ponteiro para um botão padrão, marque a opção “Mover automaticamente para o botão padrão em uma caixa de diálogo”. Com essa opção marcada ao fechar uma janela, do Word por exemplo, o ponteiro do mouse será deslocado automaticamente para o botão padrão da janela de diálogo, que neste caso é o botão Salvar, assim você não precisa movimentar o ponteiro até ele. Entendeu?

Se você está com cara de piso tátil agora, janela de diálogo são as perguntas que o Sistema Operacional faz à você e lhe oferece opções de resposta. Por exemplo: Tem certeza que quer continuar lendo essa droga de artigo? Sim…Não…Cancelar…

Deixe seu rastro!

Ponteiro do mouse na cor preta seguido por outros dois ponteiros

Em Visibilidade, marque a opção “Exibir rastro do ponteiro”, logo abaixo defina se o rastro será curto ou longo. Eu prefiro a opção longa. Basicamente o rastro cria cópias de si mesmo quando movimentamos ele pela tela.

Se você escolher um rastro curto, as cópias do ponteiro ficarão bem próximas ao ponteiro original. Se escolher a opção longa, as cópias ficarão mais distantes em relação ao ponteiro original.

Outro detalhe é que, quanto mais rápido você mexer o mouse, mais espalhadas ficam as cópias do ponteiro na tela.

Tô aqui!

Ponteiro do mouse dentro de um círculo

Marque a opção “Mostrar local do ponteiro quando CTRL for pressionada”. Com essa opção marcada, toda vez que apertar CTRL aparecerá um círculo ao redor do ponteiro, como se fosse um alvo, indicando sua localização.

Mesmo tendo feito as configurações anteriores, ainda sim pode acontecer de você simplesmente não saber onde está o ponteiro do mouse. Isso acontece normalmente quando você está digitando um texto e esquece o mouse em algum canto obscuro da tela.

Conclusão

Essas configurações são muito úteis para usuários com baixa visão, professores que tenham alunos com baixa visão ou familiares que tenham parentes nestas condições.

Essas dicas são nativas do Windows, ou seja, não é necessário instalar nenhum outro programa. Se minhas sugestões não surtirem o efeito desejado, talvez seja o caso de instalar programas que façam alterações mais significativas no ponteiro do mouse. Minha sugestão é instalar/testar o ampliador de tela ZoomText e o ampliador de tela MAGic.

Qualquer dúvida, crítica, sugestão ou ameaça, só deixar seu comentário que terei o maior prazer em responder.

Bons cliques e até mais!

«
»

Fique a vontade para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *