Topo
Perfil de mulher sorridente, com fones de ouvido e celular na mão
Publicado na categoria Notícias

Startup desenvolve solução que transforma texto em áudio de alta qualidade

A startup DitanGo desenvolveu uma solução para facilitar a leitura de pessoas com deficiência visual e pessoas com dificuldades de aprendizado: uma plataforma que converte qualquer documento em áudio.

De acordo com o responsável pela DitanGo, Anderson Teixeira, a ideia de criar a plataforma surgiu para atender às necessidades das pessoas que precisavam ou queriam ler, mas não tinham tempo.

A partir da conversão do texto em áudio de alta qualidade, os usuários do DitanGo passaram a aproveitar todos os momentos do dia para ler, mesmo enquanto realizavam outras atividades, tais como se deslocar de casa para o trabalho ou escola, e se exercitar com caminhadas ou corridas. Com o uso de tecnologias assistivas, a ferramenta passou a atender também deficientes visuais, ampliando seu acesso à leitura, explica o empresário.

O programa, que contava com 200 usuários em 2017, hoje já possui 2 mil pessoas. Segundo Teixeira, houve um grande crescimento nos últimos anos, principalmente nos acessos diários.

Em termos de presença na Internet, saltamos de uma dezena de acessos ao mês para 1.400 acessos em nosso site, com a conversão de 20 usuários por dia de forma totalmente orgânica, ou seja, sem investimento em marketing digital.

O empresário destaca ainda que o desenvolvimento do software foi tranquilo, apesar de outras barreiras que precisou enfrentar pelo caminho. “A enorme burocracia e custo para manter uma empresa no Brasil foi nossa maior dificuldade, mesmo com todo apoio recebido na Incubadora de Campina Grande (ITCG) e do Sebrae. De certa forma, essas dificuldades afetam profundamente a escolha do modelo de negócio que precisa trazer resultados financeiros em um momento que deveria ser dedicado para se entender melhor o público alvo e suas necessidades”, pondera.

Além disso, Teixeira ressalta o apoio do Sebrae para conseguir tocar o projeto. “Foi fundamental para conectar nosso negócio a pesquisadores dentro e fora do país, que possuem profundo conhecimento na área. Tivemos a oportunidade de realizar um trabalho em conjunto com diversos pesquisadores, que abriram portas para que nosso produto fosse apresentado a diversas comunidades, para validação e aprimoramento. Também tivemos a chance de entender onde nossa plataforma teria maior impacto e valor”, diz Anderson.

Fontes: MoneyTimes e Vida Mais Livre

Tags

Sobre o autor: Ricardo De Melo

Professor de informática acessível e tecnologias assistivas para pessoas com deficiência visual e Desenvolvedor Web

1 COMENTÁRIO
  • Wellington de Castro
    3 meses atrás

    OLá Ricardo!

    Excelente a sua dica, no portal a qual realizo esse comentário já possui outras dicas de converter texto em áudio, mas é sempre bom conhecer mais de um instrumento.

    Abraço!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *